Mangueira prepara especial para comemorar 50 anos de vida artística de Alcione | Maranhão Hoje


Cantora visita governador no Palácio dos Leões

Em visita ao governador Carlos Brandão, nesta terça-feira (06), a cantora maranhense Alcione Nazaré, a Marrom, mostrou o projeto que a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, do Rio de Janeiro, está preparando para comemorar os seus 50 anos de carreira artística. A artista vai receber nesta quarta (07), uma homenagem da da Universidade Federal do Maranhão e na quinta participa de uma festa junina privada.

“É um prazer receber a Alcione que é um grande ícone da nossa cultura e representa o Maranhão no Brasil e no mundo. Ficamos muito felizes em saber que ela será homenageada pela escola de samba Mangueira, e muito nos orgulha saber que o nome do Maranhão será ainda mais valorizado”, afirmou o governador.

A cantora, por sua vez, lembrou o carinho que tem pelo estado e a troca que acontece com os fãs.

“Graças a Deus a minha terra me ama e sempre me prestigiou e o fato da Mangueira me homenagear, homenageia o Maranhão, homenageia a minha gente, a minha cidade, é uma festa para mim. Dizem que santo de casa não faz milagre, mas eu sou um santo de casa que faço milagres aqui no Maranhão”, comentou.

Projeto em construção – Um dos representantes da Mangueira, o carnavalesco Guilherme Estevão detalhou que a proposta da escola de samba é homenagear os 50 anos de carreira da Alcione e terá como título ‘A Negra Voz do Amanhã’.

“É um ano especial para a gente pois são os 50 anos de carreira da Alcione e o nosso samba enredo é uma homenagem. Ao falar da Alcione a gente fala da história do Maranhão porque a partir da vivência dela aqui enquanto artista, enquanto família, enquanto todas as memórias de infância dela, a gente rememora uma série de questões ligadas à fé, à religiosidade e às festas do Maranhão”, explicou o carnavalesco.

O encontro também foi acompanhado pelos secretários Yuri Arruda (Cultura) e Socorro Araújo (Turismo), que destacaram a riqueza das manifestações culturais do Maranhão e do Rio de Janeiro e como essa riqueza impacta no turismo.

“Alcione teve essa atitude generosa de fazer essa visita de cortesia ao governador Carlos Brandão e à primeira-dama para apresentar as ideias iniciais do projeto, juntamente com a Mangueira, em que será a grande inspiração para o enredo da escola de samba em 2024. Então estamos todos dialogando”, pontuou a secretária Socorro Araújo.

Admin