Santos sofre derrota para o Cruzeiro em Belo Horizonte | Maranhão Hoje


Peixe segue estacionado no meio da tabela

O Santos não conseguiu segurar o resultado e acabou derrotado por 2 a 1 para o Cruzeiro na tarde deste sábado (06). Na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), onde time paulista chegou a empatar a partida, mas acabou sofrendo o segundo gol minutos depois.Wesley, ex-Palmeiras, anotou os dois gols do Cruzeiro. Ângelo, descontou para o Santos. A partida marcou a abertura da quarta rodada do Brasileirão.

Com a derrota, o Santos segue estacionado no meio da tabela, em 11º lugar, com quatros pontos. Já o Cruzeiro engatou a terceira vitória seguida e dorme na liderança da Série A.

O primeiro tempo começou equilibrado e com chances para os dois lados. Logo de cara, o Cruzeiro assustou com Rafael Bilu. Na resposta do Santos, Lucas Braga obrigou Rafael a espalmar. É a primeira vez que o arqueiro enfrenta o ex-clube. Bilu era o jogador mais agudo do time mineiro, mas acabou se lesionando aos oito minutos. Por ironia do destino, seu substituto, Wesley, abriu o placar. Após cruzamento de Ramiro, o atacante apareceu livre na segunda trave para marcar, aos 20 minutos.

O Santos estava bem no jogo, porém o time acusou o golpe com o gol sofrido. Até assimilar, o time sofreu com algumas investidas cruzeirenses. Mendoza, aos 34, tentou iniciar uma reação do Santos. De primeira, o colombiano viu Rafael fazer uma grande defesa evitando o empate. Após o susto, o Cruzeiro voltou a crescer na partida e fez uma pressão na parte final, mas sem conseguir balançar as redes.

O time paulista voltou disposto a buscar o empate. Odair Hellmann promoveu a entrada de Ângelo e com 12 minutos em campo o atacante deixou tudo igual em Belo Horizonte. Marcos Leonardo deu linda assistência e o camisa 11 bateu na saída do goleiro. O gol desligou o Santos. Sem conseguir segurar o resultado, Wesley, de novo, colocou o Cruzeiro na frente novamente, aos 16 minutos. Marlon cruzou rasteiro, João Paulo tentou cortar, mas acabou dando nos pés do atacante ex-Palmeiras.

Novamente o Santos demorou para assimilar o golpe. Desorganizado, o time não conseguia armar os contra-ataques e finalizar ao gol, porém defensivamente foi mais seguro. Na reta final, o time foi para o tudo ou nada, sabendo que iria sofrer com os contragolpes mineiros. O time da Baixada Santista até assustou na bola aérea, porém não foi o suficiente para empatar a partida em Belo Horizonte.

Na próxima rodada, os dois times voltam a campo na quarta-feira. O Santos recebe o Bahia, na Vila Belmiro, às 19h. Já o Cruzeiro encara o Fluminense, no Mineirão, às 21h30.

(Da FPF com foto da Staff Images/Cruzeiro)

Admin