Sucatas e veiculos abandonados são retirados pela Prefeitura dos espaços públicos de São Luís | Maranhão Hoje


Operação teve início na rotatória da Uema no São Cristóvão 

As secretarias municipais de Urbanismo e Habitação (Semurh), Trânsito e Transportes (SMTT) e Meio Ambiente (Semmam) realizaram, sexta-feira (14), uma ação para remoção de veículos abandonados e estruturas que possam estar obstruindo praças, ruas, avenidas, calçadas e caminhos públicos em toda a capital. Os trabalhos contaram com apoio da Guarda Municipal, Blitz Urbana e da Superintendência de Fiscalização de Meio Ambiente.

A operação teve início na rotatória da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), em frente ao Parque Ambiental, que tem sido afetada com a obstrução do passeio público causado pelo descarte irregular de veículos. Na operação, foram 11 veículos e sucatas foram retirados do local pelas equipes responsáveis, na região do São Cristóvão.

“Esta ação ostensiva vai ocorrer frequentemente para garantir uma locomoção melhor na cidade com ganho de acessibilidade e de mobilidade para a população e uma melhora significativa na paisagem urbana e no meio ambiente”, enfatizou o secretário da Semurh, Bruno Trindade.

Além de servir como apoio a outras ações da gestão municipal que estão ocorrendo, a exemplo do programa Trânsito Livre, que tem melhorado o fluxo de veículos e ampliado a drenagem superficial e profunda na cidade, a ação de recolhimento tem como objetivo manter o ambiente seguro, salubre e ordenado em São Luís.

O secretário da SMTT, Diego Rodrigues, explicou que os veículos apreendidos são levados ao pátio da SMTT e “em caso de recolhimento, o proprietário deve se dirigir à secretaria, pagar as devidas taxas e fazer a retirada do veículo”. Isto deve ser feito nos horários de atendimento do órgão, que funciona de segunda a sábado.

Para a secretária da Semmam, Karla Lima, esse trabalho também afeta positivamente a saúde pública do Município. “O descarte irregular desses veículos acabam gerando doenças, pois esses carros acumulam água, atraem mosquitos e outras pragas, poluem o solo com óleo, além da poluição visual, e estamos aqui para também coibir e fiscalizar essa forma de descarte irregular no nosso meio ambiente”, destacou a secretária.

Denúncias – A população também é um parceiro importante nesta operação, podendo denunciar para a SMTT, Blitz Urbana e Semurh, em casos de veículos e sucatas que estejam abandonados, que representem algum risco à saúde, segurança, bem como, o andamento normal do fluxo de veículos em ruas e avenidas.

A solicitação de retirada pode ser feita presencialmente na Semurh ou na SMTT, ou por meio dos telefones de atendimento fornecidos no site de cada uma das secretarias.

Admin