Juiz da Infância e Secretário de Segurança discutem ações de prevenção a ameaças de violência nas escolas | Maranhão Hoje

Classroom of kindergarten interior design

Escolas privadas podem fazer revistas de alunos

O juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de São Luís, José Américo Abreu Costa, reuniu-se com o secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Maurício Ribeiro Martins. O objetivo do encontro foi tratar de ações conjuntas de proteção integral e prevenção a ameaças de violência nas escolas da Ilha.

“Medidas judiciais já foram tomadas pela Vara da Infância, mas existe a necessidade de uma ação institucional conjunta para uma proteção efetiva”, efetiva, disse o magistrado.

Esta semana, o juiz José Américo Abreu Costa, deferindo um pedido do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Maranhão (SINEPE-MA), estendeu para todas as escolas da rede privada da capital a autorização de realizar revista no material de alunos, colaboradores e em todos aqueles que ingressarem no ambiente escolar, como bolsas e mochilas, independentemente da utilização de recursos tecnológico.

Conforme o magistrado, durante a reunião com o secretário de Segurança Pública foram discutidas medidas a serem realizadas em conjunto e outras já estão em fase de planejamento emergencial, incluindo ciclos de palestras e capacitações em ações de prevenção.

José Américo Abreu reconheceu o apoio imprescindível do secretário Maurício Ribeiro Martins ao trabalho da unidade judiciária, que se mostrou sensível para as questões referentes à proteção de crianças e adolescentes. Durante a reunião também foram discutidos assuntos como as blitzen realizadas pelos comissários da Divisão de Proteção Integral (DPI) da Vara da Infância em diferentes locais da cidade, trabalho que já conta com o apoio da Polícia Militar.

“O momento atual requer, mais que nunca, que as instituições e a sociedade, como um todo, desenvolvam ações integradas para coibir quaisquer tipos de violência nos lares, escolas, e na sociedade”, afirmou o magistrado.

Na semana passada, o juiz realizou visita institucional ao Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão para fortalecimento de parcerias nas ações de proteção a crianças e adolescentes. A unidade judiciária já tem uma parceria de 17 anos com a PMMA.

A equipe foi recebida pelo comandante geral, coronel Emerson Bezerra, acompanhado do assistente coronel Carlos Frank. Durante a visita, foram discutidas estratégias para realização de atividades e diligências de proteção integral, além de ações preventivas como palestras e cursos na área da infância e juventude.

Admin